REVISTA

GERAL BAHIA

SEM CRÉDITO – Prefeitura de Macarani não faz repasse ao Banco do Brasil e servidores ficam sem crédito e com nomes negativados.

Está
aí uma boa denúncia para a Corregedoria
Geral do Município,
através do Corregedor
Edson Ribeiro Dos Santos
apurar, atuar e chamar a atenção do gestor ou
até mesmo abrir um processo interno. Os servidores públicos municipais estão
com seus créditos suspensos no Banco
do Brasil
por conta da inadimplência ocasionada pela Prefeitura Municipal de Macarani.
O problema é que: os servidores
públicos concursados ou estabilizados utilizam do mesmo processo que os
aposentados na hora em que precisam tomar empréstimos ou financiamentos nas
instituições financeiros, recorrendo aos chamados empréstimos consignados com
descontos automáticos em folha.

que no caso da Prefeitura Municipal,
o empregador desconta o empréstimo direto na hora de pagar ao servidor e
repassa esse valor ao banco, que registra o pagamento da parcela mensal. Se a Prefeitura não repassa esse valor,
o servidor fica como inadimplente e com o nome negativado.


há algum tempo que o RGBAHIA, vem recebendo denúncias de servidores públicos que
estão sem poder tomar empréstimos nos bancos e outros que estão com o nome
negativado porque estão devendo, e o absurdo maior: estão recebendo os salários com os valores descontados.

O
RGBAHIA na ultima quarta-feira (23), manteve
contato com o Presidente do Sindicato
dos Servidores Públicos Municipais (SINDIMAQ), Jaílson Costa
,
que afirmou ter recebido algumas reclamações de que havia um problema com a Caixa Econômica Federal: “Recebemos queixas aqui no sindicato e entramos em contato com
a Caixa, e a funcionária que nos atendeu informou que houve alguns problemas
por conta de servidores que saíram de licença a pedido sem remuneração, outros
que se aposentaram e que não estão na responsabilidade da Prefeitura, mas
apenas estes estão negativados, os demais estão liberados”.

Jaílson disse que iria manter
contato com o Banco do Brasil e nos
informaria se a situação é a mesma, mas, infelizmente não conseguimos mais
contato com o Presidente do Sindicato.
Então,
o RGBAHIA, decidiu ir diretamente ao Banco, e
fomos informados pela funcionária que cuida de empréstimos e financiamento que
o crédito para os servidores públicos do município de Macarani está sim,
suspenso já há algum tempo.

“Já tem alguns meses que o Banco
suspendeu os empréstimos consignados para os servidores de Macarani e o motivo
é esse mesmo. Como a Prefeitura não tem repassado os valores que estão sendo
devidos pelos funcionários que já tomaram empréstimos ou fizeram
financiamentos, o Banco do Brasil suspendeu o crédito de todos os servidores e
só vai liberar quando a situação estiver regularizada.”

Resumindo: se a Prefeitura
desconta do servidor e não repassa ao banco, a mesma está praticando o que se
chama de apropriação indébita. É ou
não é, um caso para a Corregedoria Geral do Município atuar?
Com a
palavra o Corregedor.

FAZENDAS-VALE-VERDE
FAZENDAS VALE VERDE
OFICIAL DA OTO
CLÍNCA OTONEURO - SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS
75fc36a1-13f0-4804-a3c6-5937248cf4a9-575x1024
SAAE DE MACARANI - ÁGUA PARA TODOS
434153736_2528971897288533_4220592963380261260_n
CONSTRULAR - SUA CASA DA BASE AO ACABAMENTO
PANIFICADORA-AMERICA-1
PANIFICADORA AMÉRICA
995bf7d8-6fed-4af4-8378-8d8baa233768
LUGAR DE GENTE FELIZ!
6e381cab-6efa-4067-b56d-7e44a24a8a39
O LABORATÓRIO DA SAÚDE REGIONAL