REVISTA

GERAL BAHIA

MANHÃ TUMULTUADA – Enquanto policiais tentavam conter tentativa de fuga dentro da cadeia, populares protestavam em frente ao Complexo Policial de Macarani pedindo justiça.

A manhã desta quinta-feira 21/02/2019 vai ficar marcada na memória dos policiais civis e militares de Macarani por dois episódios inusitados que ocorreram quase simultaneamente no Complexo Policial da cidade.

Por volta das 10h da manhã, o Agente Investigador Jorge Luís da Polícia Civil, notou movimentação suspeita em uma das celas da Cadeia Pública do Complexo Policial e percebeu que estava sendo planejada uma tentativa de fuga. Imediatamente o Agente requisitou reforço do 5º Pelotão Da Polícia Militar e da Guarda Civil Municipal (GCM), que ao chegarem no Complexo constaram o fato e fizeram uma varredura na cela onde está o elemento, Franclin Barbosa Silva, 22 anos o Franclinho.

Franclinho queria deixar a hospedagem dos apartamentos do governo sem pagar a conta.

Método engenhoso: Franclin, utilizando-se de uma hélice de um ventilador que ele mesmo quebrou dentro da cela já havia iniciado a abertura de um buraco na parede da cela onde está “hospedado” e por onde pretendia fugir. Frankinho foi preso no último dia 03 de janeiro no Bairro Sobral Bentes em Maca rani, quando na oportunidade foi acusado de ter estuprado uma adolescente de 13 anos, sua enteada.

Mas, enquanto os policiais internamente no Complexo Policial conseguiam conter a tentativa de fuga de Franclin Barbosa Silva, fora da unidade o circo pegava fogo! Um grupo de pessoas, a maioria moradores do Marjorie Parque, portando faixas e cartazes e gritando palavras de ordem pedindo Justiça, protestava em frente ao Complexo pedindo solução para a o caso que levou a morte o menor de dois anos Vítor Manoel, que foi atingido por um tiro de arma de fogo no último sábado (16) em um episódio ainda muito mal explicado envolvendo dois menores de 17 e 15 anos e a própria mãe do garotinho.

Na verdade o protesto inicialmente estava marcado pelos manifestantes para a Porta do Fórum Sílvio Benício, mas como foram avisados de que nem o Juiz Substituto, Dr. Luís Vieira e nem a representante do Ministério Público o Promotor também substituto, Dr. Rogério Bara Marinho, se encontravam na cidade o grupo foi fazer o protesto em frente ao complexo.

Jane Karla pede Justiça, mas não explica porque seu filho foi morto em sua casa por “amigos”.

O ato foi pacífico, mas o detalhe que chamou a atenção foi a presença da mãe do garoto, Jane Karla, entre os manifestantes. Ela que até agora não conseguiu explicar o que dois adolescentes estavam faxendo na sua casa drogados, (segundo palavras do Delegado Roberval Nolasco) e com uma arma de fogo.

E nossas câmeras capturaram com exclusividade tudo que aconteceu. Além da fotografias que ilustram a matéria, os internautas podem conferir o vídeo feito pelo cinegrafista do RGBAHIA e TVWEBMacarani, Tom Pacheco.

FAZENDAS-VALE-VERDE
FAZENDAS VALE VERDE
OFICIAL DA OTO
CLÍNCA OTONEURO - SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS
75fc36a1-13f0-4804-a3c6-5937248cf4a9-575x1024
SAAE DE MACARANI - ÁGUA PARA TODOS
434153736_2528971897288533_4220592963380261260_n
CONSTRULAR - SUA CASA DA BASE AO ACABAMENTO
PANIFICADORA-AMERICA-1
PANIFICADORA AMÉRICA
995bf7d8-6fed-4af4-8378-8d8baa233768
LUGAR DE GENTE FELIZ!
6e381cab-6efa-4067-b56d-7e44a24a8a39
O LABORATÓRIO DA SAÚDE REGIONAL