REVISTA

GERAL BAHIA

DENÚNCIA – Em Macarani mãe denuncia negligência médica e ameaça ir a Justiça pela morte do filho Bebê de três meses.

Taís Ribeiro e seu filho Warnick
O Bebê era portador de micro encefalia
Um
fato ocorrido em Macarani na
última segunda-feira (03) e que terminou com a morte de uma criança menor de
cinco meses, depois de publicada a versão da mãe da criança viralizou nas redes
sociais está dando o que falar e promete outros desdobramentos, inclusive na Justiça.

Tudo
começou segundo Dona Taís Silva
Ribeiro,
na tarde da última segunda-feira (03), quando o pequenino, Warnick Mantiny Ribeiro Silva, de
apenas três meses e com histórico de portador de Micro encefalia (doença associada ao Zica Virus), começou a
passar mal com problemas respiratórios. Imediatamente o pai do garoto, o Sr. Gilberto Manuel da Silva Júnior,
levou o bebê até o Hospital e Maternidade São Pedro para tomar nebulização: “Chegando
ao hospital meu filho nem foi atendido pela médica de plantão, foi atendido
pelas enfermeiras que iniciaram os procedimentos, e quando a médica Dra. Gisele
chegou, ela apenas olhou a criança, disse que não poderia fazer nada além do
que já tinha sido feito. Nem mesmo um aparelho utilizou para examinar a
criança, encerrou a nebulização e mandou que a gente levasse ele de volta para
casa.”
Conta Dona Taís Ribeiro, que informou ainda que quando
chegou ao hospital o esposo já estava retornando com o Bebê.

Chegando
em casa os pais notaram que o Bebê não apresentava nenhuma reação positiva e a
situação só piorava. “Novamente decidimos levar nosso Bebê ao
hospital, e da segunda vez chamamos o SAMU que demorou duas horas para chegar,
e quando chegamos ao hospital já não havia mais nada a fazer porque nosso
filhinho estava morto. Pedimos a Dra. Gisele, que desse o atestado de óbito,
mas ela se recusou e ainda nos tratou com muita falta de educação e
agressividade, quase me bateu! Orientados pelo Conselho Tutelar nós procuramos
o Fórum onde no cartório de registro conseguimos a guia de sepultamento.”
O
corpo de Wanick foi sepultado no final da manhã desta terça-feira no cemitério
da cidade.

Guia de sepultamento (foto)
Por
considerar que a atitude da médica não foi adequada e que houve negligência no
a atendimento ao seu filho, Dona Taís
Ribeiro,
informou ao site RGBAHIA, que pretende  entrar na Justiça contra a médica e a
instituição Hospital São Pedro.
Seus posts, inclusive com imagens do filho morto viralizaram e geraram todo
tipo de comentários tanto de apoio quando críticas pela exposição da imagem da
criança em um caixão.

Da
parte do Site REVISTA GERAL BAHIA, nossa produção entrou em contato
com a direção do Hospital na pessoa da Diretora,
Januária Neves,
que agendou uma entrevista com a nossa reportagem para
a manhã desta quarta-feira (05). Mas as 09h00
da manhã
, após ficarmos por duas horas na portaria do Hospital
aguardando a Diretora Januária,
que não apareceu, decidimos ligar novamente para a mesma, E fomos informados
por ela, que a mesma não iria dar nenhuma declaração direta ao site. Que depois a direção do Hospital após ouvir
a médica, Dra. Gisele, irá
emitir uma nota de esclarecimento sobre o ocorrido.

FAZENDAS-VALE-VERDE
FAZENDAS VALE VERDE
OFICIAL DA OTO
CLÍNCA OTONEURO - SUA SAÚDE EM BOAS MÃOS
75fc36a1-13f0-4804-a3c6-5937248cf4a9-575x1024
SAAE DE MACARANI - ÁGUA PARA TODOS
434153736_2528971897288533_4220592963380261260_n
CONSTRULAR - SUA CASA DA BASE AO ACABAMENTO
PANIFICADORA-AMERICA-1
PANIFICADORA AMÉRICA
995bf7d8-6fed-4af4-8378-8d8baa233768
LUGAR DE GENTE FELIZ!
6e381cab-6efa-4067-b56d-7e44a24a8a39
O LABORATÓRIO DA SAÚDE REGIONAL